Técnica do Pomodoro

Agora, antes de mais nada, vou lhe explicar o que é pomodoro.

Já viu aqueles reloginhos de tomate que sua mãe (ou avó) marcam o tempo enquanto esperam o bolo ficar pronto? (hoje em dia, não existem só de tomates, eu mesma tenho um de coruja rs)

 

tecnica pomodoro produtividade - Técnica do Pomodoro

 

Enfim, a técnica do pomodoro foi desenvolvida por Francesco Cirillo nos anos 80, porque ele procurava um jeito de aumentar sua produtividade nos estudos. Então basicamente, é um método de gerenciamento de tempo.

Ser mais produtivo é possível, veja como:

1. Liste as tarefas que tem que fazer no dia. (veja, nessa lista ponha somente as tarefas de nível médio a alto de dificuldade.)

2. Ajuste o pomodoro ou um cronômetro no tempo de 25 minutos.

3. Concentre-se na tarefa até o tempo acabar e o alarme tocar.

4. Faça uma pausa de 5 minutos.

5. Recomece outra vez.

6. A cada quatro pomodoros, faça uma pausa de 15 minutos.  

 

5 razões para adotar o pomodoro:

 

1. Você fica menos ansioso. Quando você planeja melhor as tarefas, dá uma sensação de controle.

2. Você ficará mais eficiente. Com o tempo, o seu cérebro vai se acostumar e vai entender que, quando você limita a execução de uma tarefa a um período de tempo, você consegue realizá-la.

3. Sua vida será menos chata. Os intervalos ajudam você a respirar e a esvaziar a cabeça daquele assunto, assim, descansando seu cérebro.

4. Novas ideias surgirão. Esvaziando a cabeça, novas ideias incríveis surgirão porque você absorveu o que fez.

5. Você vai errar menos. Os blocos de tempo também ajudam a conferir se o que você está fazendo está nos eixos.

 

stopwatch 2061848 640 - Técnica do Pomodoro

 

Inimigos da produtividade  

 

Antes de você adotar essa técnica, tenha em mente que tudo ao seu redor vai cooperar para te atrapalhar e tirar o seu foco. Sendo assim, exclua da sua vida:

1. Qualquer tipo de notificações. Se possível, deixe no modo avião.

2. Bagunça na mesa de trabalho e ao seu redor. Só embaralha mais a sua mente.

3. Barulho excessivo. Se possível, use fones de ouvido quando perceber que o barulho ao seu redor pode te atrapalhar.

4. Conversas longas nas pausas, no cafezinho. Deixe pra contar as grandes novidades mais tarde.

5. Reuniões longas e desnecessárias. Fale apenas o que realmente precisa ser dito.

 

3 razões para não pisar na bola

 

1. Não interrompa o ciclo de 25 minutos. Trabalhe na tarefa exaustivamente até o tempo acabar. Respeite o tempo e a técnica, se quiser ser mais produtivo.

2. Mesmo que falte um pequeno detalhe da tarefa para terminar, pare no tempo determinado e só termine no outro ciclo.  

3. Nos intervalos de 5 minutos, aproveite para caminhar, se exercitar, tomar um café. Evite fazer as coisas de trabalho (obviamente né? rs). Tente esvaziar a sua mente. As pausas servem para recompensar o seu cérebro pelo tempo de trabalho focado.

 

7 ferramentas do Chrome para aumentar sua produtividade - Técnica do Pomodoro

 

E aí? Gostou dessa técnica de produtividade?

Alguns dizem para fazer esse ciclo quatro vezes e dar uma pausa maior de meia hora.

O importante é você realizar a tarefa em 25 minutos e dar uma pausa. Se a tarefa for extremamente difícil e você não conseguiu terminar em 25 minutos, dê ao seu cérebro a recompensa de descansar de 20 a 30 minutos. Se for uma tarefa mais mediana a leve, descanse somente 15 minutos mesmo.  

Espero que esse conteúdo tenha sido relevante pra você.

Um abraço e até o próximo post!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

error: Conteúdo Protegido!